IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
A Serra da Ibiapaba em Destaque.
:








Criminosos invadiram delegacia, balearam soldado e fizeram outros dois PMs como reféns.



Bandidos fortemente armados assaltaram, por volta das 15 horas desta quinta-feira (10), a agência do Banco do Brasil de Piracuruca, distante 243 km de Teresina.

Segundo a Polícia Civil, pelo menos oito bandidos teriam participado da ação. Primeiro o grupo invadiu a delegacia efetuando disparos. Após atingir um soldado, os criminosos fizeram outros dois policiais militares como reféns e seguiram até a agência, localizada no Centro da cidade.

Os reféns foram usados como escudo humano durante o assalto, e, de acordo com testemunhas, os bandidos efetuaram diversos disparos para o alto a fim de intimidar a população.

Os assaltantes estavam fortemente armados, e na fuga levaram o veículo de um dos policiais militares, um Fiat Siena de cor prata. "Segundo testemunhas, eles estavam armados com pistolas, revólveres e carabinas. Há relatos também de que haveria um fuzil e escopetas, mas não temos essa confirmação. Eles quebraram as portas de vidro da agência e efetuaram diversos disparos. Na fuga, abandonaram os policiais militares na saída da cidade, e, mais adiante, os três veículos usados no assalto. Um deles foi incendiado", detalha o tenente coronel Antoni Soares, sub-chefe do Comando de Policiamento do Interior da PM-PI.



BANDIDOS ABANDONARAM VEÍCULOS USADOS NO ASSALTO, E UM DELES FOI INCENDIADO




Testemunhas disseram, ainda, que durante o assalto um dos criminosos teria efetuado um disparo acidental num comparsa.

Equipes da Polícia Militar de toda a região foram acionadas e realizam diligências para localizar a quadrilha, sob o comando do major Erisvaldo. "Além dos policiais de toda a região, também destacamos equipe do Grupamento Aéreo, do Batalhão da Rone e do Batalhão de Operações Especiais [Bope]", acrescenta o tenente coronel Antoni Soares.

O soldado baleado foi atingido de raspão na cabeça, e transferido para Teresina. Segundo a Polícia Militar, ele não corre risco de morte.

As investigações do crime estão sendo comandadas pelo delegado Ricardo Freitas, de Piracuruca.


Uma testemunha conta como foi o assalto. “Eu ia entrando na porta giratória do banco, quando nos mandaram sair e ficar em pé na frente do local. Eles chegaram com dois policias militares como reféns. Cinco bandidos ficaram do lado de fora, acho que dois atrás da gente. Não sei ao certo porque nos mandaram ficar de cabeça baixa”, relatou.

Segundo a testemunha, cinco assaltantes ficaram do lado de fora vigiando a frente e os lados da agência. Um bandido atirou no outro sem querer, o atingido na virilha. “Eles nos pediram que ficassem calmos, que tinham experiência, mas um deles estava transtornado, muito alterado. Os outros estavam preocupados que ele atingisse alguém e mandavam que ele atirasse para cima. Em um momento, ele deu um tiro que atingiu a coxa de outro bandido”.

A ação dentro do banco durou pouco menos de 15 minutos, tempo que estava sendo acompanhado com atenção pela quadrilha. “Um deles estava cronometrando o tempo, sempre avisando os outros. ‘Faltam 15 minutos, faltam 10, faltam cinco minutos'. Quando faltavam três minutos, o que contava o tempo bateu no vidro do banco, chamando os outros. Eles saíram com caixas de inox onde acho que estava o dinheiro. Eles foram embora levando os dois policiais. Eu só queria sair dali”, finalizou.

Segundo a Polícia Militar, o grupo criminoso foi embora em direção a cidade de Batalha pela PI-110. Dois quilômetros após Piracuruca, a quadrilha abandonou os três carros, ateou fogo em um deles e libertou os dois policiais.

A PM deslocou para a região homens do Rone, Batalhão de Operações Especiais (Bope) e Forças Táticas para localizar e prender os assaltantes.





Fonte: portalodia.com – G1 Ceará



Foto: Portal Piracuruca Ao Vivo

Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top