IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
A Serra da Ibiapaba em Destaque.
:




De acordo com os agentes do poder judiciário, que não quiseram se identificar, os organizadores do evento possuíam 16 e 17 anos

Uma operação da Polícias Civil, que contou com o apoio da Polícia Militar, na noite deste domingo (17), registrou mais uma festa envolvendo dezenas de crianças e adolescentes em Fortaleza. No local do evento, um espaço alugado na avenida Osório de Paiva, no bairro Canidezinho, foram encontradas bebidas alcoólicas e drogas que seriam utilizadas por menores de idade. Os envolvidos foram encaminhados à Delegacia da Mulher para serem ouvidos, já que a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa) não funciona em regime de plantão.
Após receber uma denúncia anônima, a polícia chegou ao endereço e identificou a realização da festa. De acordo com os agentes, que não quiseram se identificar, os organizadores do evento tinham 16 e 17 anos. Além de diversos adolescentes, um homem maior de idade (que não teve a sua identidade revelada) foi autuado no artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente, que torna crime vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar bebida alcoólica a criança ou a adolescente. Segundo a polícia, ele estaria repassando droga aos menores presentes na festa.
Quarta festa
Esta é a quarta ação da Polícia Civil no combate de eventos que possuem envolvimento de crianças e adolescentes no consumo de bebidas alcoólicas na capital cearense. Em aproximadamente um mês, outras três festas envolvendo consumo de drogas e bebidas alcoólicas foram registradas em Fortaleza. No último dia 11 de abril, mais de 50 adolescentes, entre 13 e 17 anos de idade, foram encontrados participando de uma festa de funk em uma casa de shows na Avenida Jovita Feitosa, em Fortaleza. 
Já no início do mês de março, policiais da Delegacia da Criança e do Adolescente (Dececa) encontraram dezenas de crianças e adolescentes em uma festa intitulada orgia 1.0. O evento acontecia em um espaço na Barra do Ceará, em Fortaleza. No local, havia bebidas alcoólicas, maconha, preservativos e até sprays utilizados em soldas que inalados terminam causando alucinações.
Segundo o representante do Juizado da Infância e da Juventude, Pedro Neto, esses tipos de festas estão se tornando cada vez mais frequentes entre os jovens. “Eles começam cedo, no final da tarde, e sempre destinado para aquele público de crianças e adolescentes. Então, eles consumem drogas e bebidas alcoólicas. Nós estamos aqui para combater esse tipo de ilegalidade e alertar que a segurança pública está ativa”, pontuou.
 Fonte: Tribuna do Ceará



Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top