IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
A Serra da Ibiapaba em Destaque.
:


A PM iniciou uma varredura, na manhã desta quinta, no entorno do presídio,em busca de foragidos

Uma tentativa de fuga em massa de detentos da Casa de privação Provisória da Liberdade Quatro (CPPL 4), registrada na noite desta quarta-feira (18), mobilizou a tropa do Batalhão de Polícia de Choque (BpChoque) e o Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) para aquela unidade do Sistema Penal localizada no Município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza.
O número de presos que conseguiram escapar da cadeia não foi ainda divulgado pela Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus).  Informações extra-oficiais dão conta de que os detentos destruíram todas as grades de celas da “Rua” F e, em seguida, iniciaram o movimento de fuga em massa seguindo em direção ao alambrado que circunda a unidade.
Tiros foram disparados das guaritas de segurança no entorno do presídio, enquanto os agentes penitenciários que ali trabalhavam aguardavam a chegada de reforço do GAP e do Batalhão de Choque. Várias patrulhas do Comando Tático Motorizado (Cotam) e do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) e do Canil foram encaminhadas ao local.
Durante toda a madrugada a PM reforçou a segurança no entorno do presídio e, no início da manhã de hoje, foi reiniciada a operação com uma varredura que acontece neste momento em torno do presídio, onde há um extenso matagal nas margens da BR-116. Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) está sendo utilizado em auxílio nas buscas policiais.

Superlotação e morte
Todas as unidades carcerárias estaduais apresentam um quadro de superlotação de presos. Os motins, tentativas de fugas e assassinatos de presos viraram uma rotina. Somente nesta semana foram registrados vários incidentes.
Na Penitenciária de Pacatuba, um túnel foi descoberto na madrugada da última segunda-feira (16) e iria dar a fuga a vários presos, entre eles, o assaltante de banco Antônio Jussivan Alves dos Santos, o “Alemão”, que comandou o furto de R$ 164,8 milhões do Banco Central (BC), em Fortaleza, entre fevereiro e agosto de 2005.

Também na segunda-feira foi descoberto o corpo do detento Francisco Rogério Dantas, assassinado por meio de espancamento e golpes de cossoco numa cela do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira Dois (IPPOO 2), em Itaitinga. 
Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top