IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
A Serra da Ibiapaba em Destaque.
:



Sequestrador chegou a tirar a roupa das crianças, mas desistiu de prosseguir devido ao barulho de choro. Ele foi localizado em um Centro de Atenção Psicossocial e é diagnosticado portador de esquizofrenia


Um homem suspeito de sequestrar e manter duas crianças, de 3 e 4 anos, em um buraco foi preso pela Polícia Civil de Cascavel, no interior do Ceará.

Um laudo do exame de corpo de delito está sendo aguardado para identificar se houve crime sexual. O homem foi autuado nos crimes de sequestro e cárcere privado e poderá ser indiciado também, se confirmado, por estupro de vulnerável. A prisão ocorreu na última terça-feira (6).

Familiares das crianças iniciaram uma busca após perceberem que as vítimas haviam sumido de casa. O desaparecimento foi comunicado à polícia, que intensificou as buscas pela Bairro Mirante da Serra.

Por volta das 10h, as duas crianças foram encontradas, aos prantos, dentro de um buraco nas proximidades de uma casa em construção. As vítimas foram conduzidas para a delegacia junto aos familiares.

De acordo com denúncias repassadas aos policiais, um vizinho das vítimas teria levado as crianças. Wellington Bernardo de Souza, de 34 anos, foi localizado no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), no município. Segundo as investigações, ele deixou as crianças no buraco e se dirigiu até o CAPS.

Conforme a titular da Delegacia de Cascavel, havia indícios suficientes para confirmar a autoria do crime. “O suspeito foi encontrado com a bermuda suja de terra e tinha areia em suas unhas, mas negou ter tido qualquer contato com as crianças. Ele disse ainda que a sujeira de suas unhas era por conta da cacimba”.

Em conversa com familiares do suspeito, Wellington é diagnosticado portador de esquizofrenia, mas não é interditado judicialmente, por esse motivo foi autuado como capaz de responder pelos crimes imputados contra ele.

Conforme investigações, a delegada titular revelou como o suspeito abordou as crianças. “Wellington teria avistado as crianças na rua e as levou para a casa em construção, cerca de 50 metros de sua residência, onde colocou as crianças no buraco da fossa, retirou as vestes das crianças, praticando atos libidinosos, mas teria desistido de sua ação por conta do barulho das crianças, que choraram, deixando-as no local e fugindo para se refugiar no CAPS, onde fazia acompanhamento regular”, detalha.

Os familiares das vítimas e as crianças foram acompanhadas pelo Conselho Tutelar do município durante todo o dia para prestar assistência às vítimas.

Fonte: Tribuna do Ceará 



Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top