IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
A Serra da Ibiapaba em Destaque.
:


Sindicato afirma que CGD pressionou a vítima, que não resistiu ao estresse

O inspetor Flávio Martins Dantas faleceu nesta terça-feira (11), após passar mal enquanto prestava depoimento na Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD), como testemunha de um outro policial, segundo o Sindicato da Polícia Civil do Ceará (Sinpol-CE).

De acordo com o sindicato, "diante da pressão sofrida durante audiência interna, onde foi intimidado e coagido, Flávio relatou à familiares e testemunhas que estava se sentindo mal, devido ao estresse sofrido, chegando a relatar que a sensação era a de que seu peito estava "rasgando" de dor".

De acordo com uma familiar, o inspetor foi socorrido por funcionários da segurança para um hospital particular, no bairro Aldeota, em Fortaleza, entretanto, ao chegar ao local, foi deixado sem amparo do órgão, informou o Sinpol. O policial foi acompanhado pela esposa e pela sogra.

Ao receber os primeiros atendimentos, foi transferido à tarde ao Hospital da Messejana, em estado grave e seguiu direto para o centro cirúrgico, onde passou por um procedimento que durou oito horas, mas o policial, que teve um rompimento da aorta e chegou ao hospital com a pressão quase a zero, não resistiu.

Em nota, o sindicato afirmou repudiar o tratamento prestado pela CGD ao paciente, "onde se limitou a enviar funcionários terceirizados ao hospital e não prestou tampouco apoio à família. O Sinpol reitera o total descaso do órgão com a categoria, que visivelmente está sofrendo pressões".

Já a Controladoria, em nota, lamentou o falecimento do inspetor e esclareceu que o policial "foi ouvido, na qualidade de testemunha, acompanhado de seu advogado, nos autos de um processo Administrativo Disciplinar em data de 10/07/2017. A audiência ocorreu ainda com a presença de outros dois advogados dos indiciados. A testemunha passou mal após a audiência, sendo socorrida imediatamente por uma equipe deste órgão ao Hospital Prontocárdio. Cumpre esclarecer que a equipe da CGD somente deixou o hospital após a chegada de familiares".
Ainda segundo a CGD, foi determinada a abertura de um procedimento para apurar o caso.
Fonte: Cnews

Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top