IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
A Serra da Ibiapaba em Destaque.
:


Leandro Vasques, presidente do colegiado, diz que a violência registrada no Ceará está "massacrando a população", e aguarda do secretário André Costa um plano que reduza os índices recordes de assassinatos e roubos.

  “Não vamos  silenciar enquanto não enxergarmos um plano efetivo que possa reduzir esses índices que estão massacrando a população do estado do Ceará”.  A declaração partiu do advogado criminalista e presidente do Conselho Estadual de Segurança Pública, Leandro Vasques. Nesta sexta-feira (26), ele concedeu entrevista ao programa “Ceará News”, da Rede Plus FM, quando abordou sobre a violência no Ceará.

Segundo o presidente, “o Conselho não pode ter uma posição decorativa ou alegórica”, diante dos altos índices da violência que domina o Estado do Ceará, com o número recorde de 5.134 assassinatos em 2017 e mais de 400 nos primeiros 25 dias de 2018.

Nesta sexta-feira, o Conselho se reúne mais uma vez de forma extraordinária para receber a presença do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, delegado federal André Costa. O objetivo é a divulgação de um plano de segurança para o Estado, que vise reduzir a violência armada e os Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) em 2018.

Segundo Vasques, diante do cenário de terror que domina o Estado, o cidadão cearense sofre uma verdadeira revolução nos seus hábitos. “Na camada mais pobre, as pessoas estão aflitas, passando por uma verdadeira guerra civil na periferia. Já na classe média, acabou  a diversão em casas de veraneio, por exemplo. As pessoas agora ficam dentro de condomínios. Ninguém mais pode sair à noite para um evento social ou mesmo para ir à missa”.

Sentinela

Ele citou o caso de uma reportagem recente em que o dono de uma pizzaria localizada no bairro Cidade dos Funcionários revelou  ter o estabelecimento sido assaltado 11 vezes. E o caso de um pequeno comerciante da periferia que está sendo obrigado agastar dois mil reais por mês para manter uma segurança armada e câmeras para não ser novamente assaltado.

“Oficiamos ao secretário de Segurança para que ele apresente um plano de enfrentamento à violência. Estamos de sentinela para ouvir o que o Governo tem a nos dizer diante deste cenário preocupante”, finaliza.

Fonte: Ceará News


Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top