IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
A Serra da Ibiapaba em Destaque.
:



O Tianguá Esporte Clube (TEC) está fora da série B do Campeonato Cearense de Futebol em 2018 em decorrência de dificuldades financeiras. O time tianguaense vinha numa carreira de ascensão no futebol do Estado. Em 2016 participou da Série C do Campeonato Cearense, conseguiu o acesso e disputou no ano seguinte, em 2017, a Série B do estadual.

Em 2017, quando o atual Prefeito assumiu a chefia do Poder Executivo Municipal, o TEC perdeu o patrocínio máster da Prefeitura de Tianguá, que correspondia a cerca de 50% dos gastos do clube. “O valor repassado pela Prefeitura não supria as necessidades da equipe, pois a Prefeitura repassava cerca de R$ 25 mil reais, enquanto tínhamos aproximadamente R$ 50 mil reais de despesas.” - lembra Naldinho Beviláqua, militante do futebol local.

Com a falta dos recursos financeiros patrocinados pela Prefeitura, a equipe enfrentou grandes dificuldades para comparecer aos jogos. Os desafios acabaram por refletir em campo pois o TEC fez uma campanha ruim apesar de ter em seu elenco jogadores de grande talento. “Ano passado nós trabalhamos com todos os jogadores, muitos daqui de Tianguá e jogadores de fora (...) e nenhum foi remunerado. Eles foram apenas pela força de vontade.” – disse Naldinho Beviláqua.

Em 2018 o TEC não participará do Campeonato por não ter patrocínio. “A gente precisa de um grupo de empresários que possa ajudar ou a própria Prefeitura, mas a Prefeitura não se pronunciou em nenhum momento em querer ajudar o TEC, no sentido de ajudar financeiramente. Simplesmente o que eles queriam era que a diretoria renunciasse e entregasse o TEC pra eles. Só que a diretoria tem respaldo e o TEC tem um quadro de sócios. Ele não é uma rapadura que você pega e entrega pra outra pessoa, dizendo: ‘pega pra ti!”. Não é assim. Ele é uma instituição. Eu sou um dos fundadores, juntamente com o Aberlardo, nós fomos fundadores do TEC em 2004.” – explica Naldinho Beviláqua, que acrescenta: “A gente vem só esclarecer pois está surgindo aí coisas na cidade, inclusive sobre o meu nome, dizendo que eu não quero dar o TEC. Gente, eu só quero esclarecer que eu, Naldinho Beviláqua, eu sou um dos fundadores, sou sócio do TEC, mas eu não sou o dono. Eu sou um sócio e sou o contador. Como a documentação está nas minhas mãos eu não posso pegar a documentação de uma empresa da qual faço a contabilidade e entregar nas mãos de qualquer um pra levar. Por que? Porque existe um presidente por trás, que é o Magalhães, e não só ele mas toda uma diretoria.”

Mas Naldinho Beviláqua ainda demonstra esperanças de um possível acordo com a Prefeitura ao dizer: “A Prefeitura pode entrar como patrocinador máster, como foi durante quatro anos: 2013, 2014, 2015 e 2016. O campeonato é só três meses. A própria Prefeitura poderia ajudar. O Estádio já está quase pronto para poder receber os jogos oficiais.”.

Por Matheus Urias, Radialista e Publicitário

Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top