IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
A Serra da Ibiapaba em Destaque.
:


A cada três dias, uma pessoa morre no Estado por conta da infecção 


O levantamento da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) mostra que o Ceará já registrou 66 mortes por Aids, entre janeiro e julho deste ano. Ao todo, 560 pessoas já contraíram o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). Em Fortaleza, todos os 110 postos de saúde já oferecem o exame gratuíto. O resultado sai em até 15 minutos. 

Antigamente o exame era disponibilizado apenas para grupos de risco. Mas atualmente, qualquer pessoa pode fazer o teste. O Posto de Saúde Irmã Hercília Aragão, no bairro São João do Tauape, oferece o serviço e a procura vem de pacientes de diferentes bairros. 

No país, apesar das novas formas de tratamento, a transmissão do vírus aumenta consideravelmente. O número de óbitos do Ceará, 66, signifca uma morte a cada três dias, durante o período. 

Vando Oliveira é soropositivo há 20 anos. Hoje toma quatro comprimidos para controlar a doença e leva uma vida normal. Ele coordena a Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV no Ceará. "Além dos medicamentos, o Poder Público precisa melhorar a qualidade no tratamento de quem manifesta os sintomas da doença", explicou. 

No levantamento da Sesa, a capital aparece em primeiro lugar no Ceará, em número de casos de HIV. São 292 pessoas que convivem com o vírus. Entre janeiro e julho, 29 pacientes faleceram por conta da Aids. "A Prefeitura oferece tratamento aos infectados e acompanhamento com disponibilização dos remédios para que o paciente leve uma vida normal", ponderou Marcos Paiva, coordenador da Área Técnica de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), vinculada à Secretaria Municipal de Saúde. 

Fonte: Cnews

Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top