IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
Noticias da Serra da Ibiapaba e interior do Ceará
:

Pais e alunos reclamam da demora para compra de merende escolar — Foto: Maristela Gláucia/SVM


Escolas municipais ainda aguardam o término do processo licitatório para aquisição da merenda escolar de 2019 .


“Hoje foi só arroz, mãezinha.” Esse foi o relato que a agricultora Erilene de Sousa, mãe de um dos alunos da Escola Municipal e Ensino Fundamental Lucas Ferreira, em Irauçuba, interior do Ceará, ouviu do filho nesta quarta-feira (20), quando a criança de seis anos chegou em casa reclamando de fome. O colégio está usando a merenda remanescente do ano passado e forneceu aos alunos apenas arroz temperado.

Segundo Erilene, o filho dela reclama constantemente sobre a merenda escolar. “Antes tinha tudo, frango, sopa, carne de lata. Agora o meu filho fica pedindo para comprar merenda para ele levar para a escola, mas não tenho condições”, desabafa a mãe.

Segunda a diretora da escola, Maria Luiza Silva Passos, o colégio está usando a alimentação que restou do ano passado, enquanto aguarda a nova comida chegar. “Quando não tem merenda nós liberamos eles cedo, mas isso só aconteceu uma vez. Ontem a gente fez arroz temperado, com alho, cebola, mas pela parte da tarde a gente já tinha conseguido frango”, explicou.

Na manhã desta quinta-feira (21), o G1 presenciou a merenda dos alunos foi somente arroz temperado com pequenos pedaços de frango. A Secretaria de Educação de Irauçuba tratou o caso como "fato isolado".

“O frango não chegou em tempo hábil. As escolas estão com merenda remanescente de 2018 e também estamos recebendo doações de amigos, recebemos leite de um amigo diretor de uma escola estadual. Até sexta-feira conclui o processo da agricultura familiar e na próxima semana as escolas recebem a merenda”, pontuou a secretária Tânia Maria Fontenele.

Demora na licitação


O processo licitatório para a merenda escolar de 2019 ainda está acontecendo, mas o prazo para que as 26 escolas municipais e os cinco mil alunos recebam a comida para o lanche é “próxima semana”, segundo garantiu Maria Fontenele.

O processo licitatório iniciou no dia 11 de fevereiro e 42 empresas concorreram. “A demora se deu porque algumas entraram com recurso. Acredito que hoje seja finalizado esse processo e a partir da próxima semana o município vai ter merenda e merenda de qualidade”, conclui.

Denúncia

A vereadora Clea Caetano relatou que isso acontece em todas as escolas e já encaminhou denúncia para o Ministério público. O órgão chegou a instaurar um procedimento para fiscalizar a distribuição de merenda escolar no ano passado.

Após a fiscalização e a regularização no fornecimento da merenda o procedimento se encerrou. Segundo a promotoria, novas denúncias foram feitas e a promotora ainda irá analisar os autos do processo e ver a possibilidade de abrir uma nova investigação.


Fonte: G1

Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top