IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
Noticias da Serra da Ibiapaba e interior do Ceará
:



Uma ação integrada entre a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), a Delegacia Regional de Sobral e a Unidade Tático Operacional (UTO) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), ocorrida nessa segunda-feira (18), resultou na prisão de três pessoas, entre elas um homem foragido da Justiça do Ceará e do Piauí. As equipes policiais apreenderam uma metralhadora .40, um fuzil 762, duas pistolas 9 mm (todas de uso restrito), além de munições e drogas. As ações policiais aconteceram nos municípios de Caucaia e Sobral, respectivamente. Todo o trabalho policial foi apresentado, nesta terça-feira (19), no auditório do Complexo de Delegacias Especializadas (Code), em Fortaleza. 



Com base em investigações do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa e do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas da Delegacia Regional de Sobral, as equipes da Draco e da UTO conseguiram localizar e prender o alvo principal: Francisco Wagner Xavier Mouta (40), o “Amazonas”, que tem envolvimento com tráfico de drogas e homicídios na região de Sobral. O suspeito, que estava com dois mandados de prisão em aberto (Tianguá-CE e Cocal-PI), foi preso em um imóvel localizado no Icaraí, Caucaia. Dentro do carro do investigado, os policiais civis encontraram 13 kg de crack e pasta do óleo de fabricação do entorpecente. O material estava escondido no painel de um Mitsubishi Pajero, veículo utilizado pelo suspeito para fazer o transporte da droga. Conforme apurações da Draco, “Amazonas” se preparava para levar a mercadoria ilícita para Sobral, na madrugada de hoje. 


Ainda durante vistoria no imóvel na Caucaia, os policiais apreenderam quase R$ 2 mil em espécie, dois pistolas 9 mm, nove munições de mesmo calibre, algumas trouxinhas de crack, uma quantidade de maconha e duas balanças. Junto com “Amazonas”, os agentes prenderam ainda Aloísio da Silva Sousa (45), conhecido por “Neguim do Frango”, e Arlinda de Melo Xavier (33), ambos com passagens pela Polícia cearense. Conforme levantamentos policiais, Aloísio e a companheira dele, que também é prima de “Amazonas”, colaboravam com o tráfico de entorpecentes na região de Sobral. 


Ao mesmo tempo em que as equipes policiais diligenciavam na Caucaia, os policiais civis de Sobral se dirigiram para um local, apontado por “Amazonas”, onde estariam armazenadas armas e munições. No sítio indicado pelo criminoso, os agentes localizaram uma metralhadora .40, um fuzil 762, 54 munições de calibres .40, .45 e 38 e quatro carregadores. Em depoimento, “Amazonas” confessou que as armas e as drogas eram oriundas da cidade de Manaus. 

Histórico criminal 

Com quatro procedimentos instaurados pelas delegacias regionais de Sobral e Tianguá por homicídios cometidos no Estado, “Amazonas” confessou em depoimento que foi condenado a mais de 14 anos de prisão pela Justiça do Estado do Amazonas, também por homicídio. Quando foi preso, ontem, pela Polícia Civil do Ceará, o suspeito apresentou um documento falso aos policiais. Diante dos fatos, ele foi levado para realização do flagrante, na Draco, e autuado pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, uso de documento falso, receptação e por integrar organização criminosa. Os mandados em desfavor do suspeito também foram cumpridos. 

“Neguim do Frango”, que acumula passagens por crime contra a administração pública, tráfico e associação para o tráfico de drogas, tentativa de roubo, receptação, homicídio, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, desobediência e associação criminosa, foi autuado em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, receptação e por integrar organização criminosa. A mulher foi autuada por tráfico e associação para o tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. Arlinda tem passagem por tráfico e associação para o tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e receptação. 

Denúncias 

As investigações sobre a atuação do trio na região de Sobral seguem em andamento e são conduzidas pela Delegacia Regional de Sobral, por meio do trabalho desenvolvido pelos núcleos de Homicídio e Drogas de Sobral. A Polícia Civil orienta a população a contribuir com as investigações acerca de atividades ilícitas praticadas na região. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o WhatsApp da Draco no 98969.0182, para o (88) 3677-4711, da Delegacia Regional de Sobral, ou ainda para o número (88) 99261-3471, que é o WhatsApp do Núcleo de Homicídios, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos. 

Fonte: Secretaria de Segurança Pública


Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top