IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
Noticias da Serra da Ibiapaba e interior do Ceará
:




Uma carga de madeira extraída do bioma Floresta Amazônica foi apreendida por fiscais da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), em Tianguá. A madeira era transportada numa carreta bitrem, que foi interceptada no posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR-222, depois de cruzar os estados de Mato Grosso, Pará, Maranhão e Piauí.

Os 58 metros cúbicos de samaúma, caucho, mulungu e leiteiro tinham a guia de transporte de madeira irregular, o que configura o crime ambiental. A nota fiscal da mercadoria também estava fraudada. A madeira estava serrada nos formatos de tábuas, vigas, caibros e ripas, usadas na construção de moradias. As peças estavam prontas para serem vendidas no mercado varejista.

A dona da carga e do caminhão era uma empresa sediada em Juazeiro do Norte. A empresa foi autuada pelos fiscais da Semace e pagará multa de R$ 17 mil. A madeira apreendida deverá ser doada. O caminhão também ficou apreendido. O caso foi comunicado ao Ministério Público, que tomará as medidas cíveis e penais cabíveis contra os autores do crime. 

Rede criminosa 

Esta foi a segunda apreensão de madeira originária da Amazônia realizada pela Semace, em seis meses. O caso reforça duas suspeitas: de que haveria uma rede criminosa explorando uma nova rota de escoamento de madeira irregular para o Nordeste e de que esta madeira estaria sendo extraída em projetos clandestinos de desmatamento, em estados do Norte.

“Ainda é prematuro confirmar, mas a Semace está imbuída de caracterizar bem esta rede e de combatê-la”, afirmou a diretora de Fiscalização da Semace, Carolina Braga. “Há fortes indícios, sim, por isso estamos reforçando as ações de fiscalização na região de Tianguá, principalmente”, completou a diretora. 
Por Alberto Perdigão - Assessor de Comunicação da Semace 


Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top