IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
Noticias da Serra da Ibiapaba e interior do Ceará
:


Uma mulher foi presa em flagrante depois de matar o companheiro atropelado em Ituverava, interior de São Paulo, na noite de sábado. Depois, ela gravou um vídeo em que confessa o crime e diz que era ameaçada pela vítima. A própria Cláudia Aparecida Fernandes Nascimento, 47 anos, compartilhou o vídeo. 

"Matei. Matei porque ele falou que eu ia morrer", diz ela nas imagens, que circularam nas redes sociais. 

Cláudia foi indiciada por homicídio qualificado doloso e embriaguez ao volante. Ela aparentava estar transtornada e também disse que bebeu antes de dirigir. Neste domingo, ela passou pela audiência de custódia e já foi encaminhada para a penitenciária feminina de Guariba (SP). 

Morte

Adriano Joaquim Sampaio, 45 anos, morreu depois de ser atropelado duas vezes por um carro no bairro Marajoara, por volta das 20h40. 

Segundo a Polícia Militar, Cláudia atingiu Adriano com um carro logo ao encontrá-lo na frente da casa dela. Testemunhas contaram que o homem ainda tentou levantar para fugir, mas acabou sendo atingido novamente pelo carro dirigido por Cláudia. 

Arrastado por alguns metros, Adriano ficou preso às ferragens. Quando a PM chegou, ele ainda estava sob o carro e já estava sem vida. Moradores ajudaram a retirar o corpo. 

Depois do atropelo, Claudia gravou o vídeo em que fala do atropelamento. Ela diz que tinha medida protetiva contra Adriano, que mesmo assim a ameaçava constantemente de morte e ia até sua casa sempre. 

"Se eu tiver que chorar eu vou chorar, porque eu amo, mas de arrependimento eu não vou chorar. Ele me fez sofrer", afirma. 

Durante a gravação, dá para ouvir sirenes ao fundo, sinalizando a chegada da polícia. 
Fonte: Correio 24 horas

Advertisement

0 comentários:

Postar um comentário

ibiapaba24horas@gmail.com

 
Top