IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
Noticias da Serra da Ibiapaba e interior do Ceará
:


O IFCE campus de Tianguá teve um projeto contemplado no primeiro Edital do AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola – cujo resultado foi divulgado na última segunda-feira (5) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF). 


Ao todo, 75 projetos foram selecionados em todo o país e serão financiados para que desenvolvam atividades voltadas à qualificação técnica de estudantes e recém-egressos dos cursos de ciências agrárias e afins. Um desses projetos será desenvolvido pelo professor Tony Andreson Guedes Dantas, docente do curso técnico em Agricultura do campus de Tianguá. O intuito será o de implementar um programa de residência agrária na Serra da Ibiapaba. 

Residentes 

Para ser residente pelo AgroResidência é preciso ter entre 15 e 29 anos de idade, ser estudante ou recém-egresso de cursos nas áreas de ciências agrárias e afins, de nível médio ou superior. Os estudantes precisam ter cursado todas as disciplinas do curso e os egressos deverão ter concluído o curso há, no máximo, 12 meses. 

O projeto vai contemplar dez jovens profissionais da área de técnico agrícola com bolsas no valor de R$900,00 por um período de 12 meses. Os jovens selecionados atuarão em sete instituições nos municípios de Viçosa do Ceará, Tianguá e São Benedito a partir de janeiro de 2021 com carga-horária de 40 horas semanais. 

O professor orientador irá fazer o acompanhamento desses profissionais no período de 12 meses. "A ideia é aproximar a instituição de ensino das entidades produtivas da região", explica o docente Tony Andreson. Dessa forma, segundo ele, podem ser formados profissionais que atendam as demandas do mercado na área de agricultura. O professor ainda aponta que o edital que selecionará os residentes será lançado em breve e divulgado no site do IFCE campus de Tianguá. 

Programa 

O AgroResidência foi instituído pela Portaria nº 193/2020 com o objetivo de apoiar a formação de profissionais com as competências necessárias para plena atuação nas áreas de ciências agrárias e áreas correlatas, por meio de treinamento prático, supervisionado e orientado. Além de qualificar profissionais, o programa busca desenvolver nos alunos o senso de responsabilidade ética, por meio do exercício de atividades profissionais, direcionando-os para uma vida cidadã e para o trabalho. 

Confira lista com todos os projetos selecionados. 

Por Por Caroline Brito - Jornalista IFCE Tianguá 

Advertisement

0 comentários:

 
Top