IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
Noticias da Serra da Ibiapaba e interior do Ceará
:


A declaração do médico Drauzio Varella foi dada durante um evento intitulado “E Agora, Brasil?”, sobre a pandemia da Covid-19 promovido na quinta-feira (10) pelos jornais O GLOBO e Valor Econômico. 

Drauzio Varella ressaltou que a vacinação, apesar de já estar acontecendo em outros países, ainda é um sonho distante para o brasileiro. Além disso, disse o especialista, a vacina não é a solução definitiva. O coronavírus vai continuar circulando, e as medidas de segurança deverão ser mantidas. 

"Eu acho que, infelizmente, muitas pessoas vão morrer por causa das festas de fim de ano , em meio a essa ilusão de que agora temos uma vacina e o problema ficou para trás. Em 2021 teremos que tomar os mesmos cuidados: andar de máscara , evitar aglomerações, tudo igual. Qualquer outra mensagem é falsa, não está de acordo com a realidade", afirmou o médico. 


"O que vai trazer a segunda onda para o Brasil são as festas de Natal e de fim de ano. Teremos o janeiro mais triste da nossa História porque nós falhamos em trazer uma consciência cívica da gravidade do que estamos vivendo", alertou a pneumologista e pesquisadora da Fiocruz Margareth Dalcolmo.

Segundo a especialista, a epidemia “mudou de lugar”: saiu das ruas e entrou nas casas, porque os jovens, acreditando serem invulneráveis, abandonaram o isolamento social e levaram o coronavírus para seus pais e avós.

"Lamento, não dá para fazer a festinha de Natal . Pode reunir no máximo seis ou sete pessoas, sob pena de expôr nossos entes queridos a um risco que eles não merecem. E não vai ter festa de réveillon, para que nós estejamos vivos para os próximos que virão", afirmou Margareth.




Advertisement

0 comentários:

 
Top