IBIAPABA 24 HORAS

IBIAPABA 24 HORAS
Noticias da Serra da Ibiapaba e interior do Ceará
:


É chegada a época do ano em que as Tanajuras saem dos formigueiros e podem ser degustadas. Isso acontece logo nas primeiras chuvas e, por isso, muitos moradores de Tianguá já estão colhendo a fina iguaria que é vendida a partir de R$ 60,00 geralmente armazenadas numa garrafa de 01 litro. No período do Carnaval o litro chega a ser vendido a R$ 250,00.



A Tanajura é reconhecida como patrimônio imaterial de Tianguá. O tombamento se deu no ano de 2008, através Lei Municipal nº 473/2007.

O costume herdado pelos índios tabajaras, que habitavam a região no passado, tornou-se tão expressivo que ganhou em 2015, na gestão do ex-prefeito Jean Azevedo, um festival dedicado ao prato típico, com oficinas, exposições e cursos gastronômicos e também música ao vivo.



Além disso, a iguaria tornou-se mascote do time de futsal do município, que também inspirou a criação das Tanajuretes - líderes de torcida.

A Tanajura é tema de poesias e preenche a página de livros, como o “Tianguá... Um sentimento de Pertença", de autoria do historiador tianguaense João Bosco Gaspar. Além de ser tema de poesias do professor Amauri Pinto de Carvalho, conhecido por Amauri Didi.

Os poetas de Tianguá, Valdecy Santos de Abreu e Luiz Gonzaga Bezerra, compuseram uma música que foi gravada nas vozes no Coral de Maria. A canção está disponível no YouTube.

A iguaria tem diversos modos de preparo: torradas com amendoim, assadas, em paçoca com farinha de mandioca ou de milho.

E você, leitor do Ibiapaba 24 Horas, já provou a tanajura? Interaja conosco nos comentários.

Por @omatheusurias. Ligue e anuncie: (88) 9.9270-1280.

Advertisement

0 comentários:

 
Top